Khaldon

Restaurante Sírio

Khaldon está no Brasil há 2 anos e meio. Era contador na Síria e hoje cuida da parte administrativa do Damascus, restaurante de comida e doces árabes que divide com mais 2 sócios, todos vieram ao Brasil por causa da Guerra na Síria e escolheram o Brasil por ser um país com menos burocracia com refugiados. Trouxe a mulher, os pais e as duas irmãs . “Eu tenho sorte de estar com toda a família aqui”, comemora! Dos sócios ele é o único que não fica efetivamente na lanchonete: Ahmad é o homem do caixa e faz as vezes de garçom, Saleem e Tammam embalam os produtos e também ajudam  a servir.

Nome: Khaldon

País/Cidade de Origem: Síria

Idiomas: Árabe e Português

No restaurante Damascus, são servidos salgados árabes como esfiha e quibe, doces como bolo de semolina, bolacha de gergelim, folheados de pistache, nozes, castanha e outros tradicionais na Síria. Também é vendido café árabe. Na hora do almoço há um buffet de comida árabe. O buffet tem como base 20 tipos de pastas, além de quibes, esfihas, charutinhos de folha de uva, falafel e outros pratos típicos. As receitas usadas são as da casa dos Mourad na Síria. O diferencial está no fato de todos os ingredientes serem importados diretamente de lá. Eles também fazem encomendas e eventos. No sábado e domingo não há o buffet, mas há sempre um prato árabe diferente, como shishbarak, uma sopa de coalhada fresca, ou maklube, com arroz, carne e legumes. Durante a semana o preço do buffet é R$ 25 e no final de semana o prato do dia custa R$ 30. Nos dois casos se pode comer à vontade. O restaurante funciona das 8h às 20h.

conecte-se
Realização:
Apoio:
© 2017 Conectados. Todos os direitos reservados.